Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'wp_wfconfig' is marked as crashed and should be repaired in /home/drmariomedeiros/www/wp-includes/wp-db.php on line 2056

Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'wp_wfconfig' is marked as crashed and should be repaired in /home/drmariomedeiros/www/wp-includes/wp-db.php on line 2056

Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'wp_wfconfig' is marked as crashed and should be repaired in /home/drmariomedeiros/www/wp-includes/wp-db.php on line 2056

Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'wp_wfconfig' is marked as crashed and should be repaired in /home/drmariomedeiros/www/wp-includes/wp-db.php on line 2056
PROCEDIMENTOS – Dr. Mário Medeiros

PROCEDIMENTOS

Braquioplastia

A flacidez corporal sempre foi um motivo de incômodo para os pacientes, surgindo, geralmente, após a gravidez ou uma perda de peso excessiva. No que se refere aos braços, este problema é ainda mais complexo já que cria uma sobra de pele bastante visível, formando o famoso (e temido) "músculo do tchau".

A cirurgia plástica que remove o excesso de pele na parte interna do braço é chamada de braquioplastia ou dermolipectomia. E é indicada para pacientes que sofreram grandes perdas de peso e, principalmente, para aqueles que submeteram a dietas restritivas ou já realizaram a cirurgia bariátrica.

Este procedimento é capaz de resolver queixas como estrias, excesso de pele, assaduras, dificuldade em realizar atividades físicas, além do constrangimento com a utilização de determinadas roupas. O resultado da cirurgia aparece rapidamente e o tempo de recuperação leva em torno de 1 a 3 meses.

Correção de cicatriz

Geralmente, as cicatrizes no corpo costumam incomodar bastante os pacientes, principalmente aquelas em locais mais visíveis. Mas a boa notícia é que, graças aos avanços estéticos, já é possível melhorar a aparência dessas marcas com algumas técnicas de cirurgia plástica, como por exemplo, a utilização de lasers, os preenchimentos corporais e até mesmo uma cirurgia própria para correção de cicatrizes.

Ginecomastia

Conhecida como correção da ginecomastia, a redução de mama para os homens é a correção cirúrgica das glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas ou grandes. Pode ocorrer em uma ou ambas as mamas, geralmente começa com um aumento de a desigual e um pequeno nódulo abaixo do mamilo, que pode vir a ser sensível.

Nesse sentido, a ginecomastia pode causar desconforto emocional e prejudicar a autoconfiança dos pacientes. Alguns homens, por exemplo, passam a evitar determinadas atividades físicas e sociais simplesmente para esconder sua condição.

Vale lembrar, no entanto, que cirurgia de ginecomastia é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outras pessoas ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal. Além disso, alguns procedimentos secundários podem passar ser necessários no futuro, devido, principalmente, à continuidade no desenvolvimento da mama.

Gluteoplastia

O bumbum é, inegavelmente, uma das áreas que mais chamam a atenção no corpo de uma mulher e, por isso, muitas pacientes desejam ter um bumbum desenhado, volumoso, durinho e empinado. Nesse sentido, a gluteoplastia de aumento é a cirurgia plástica feita nos glúteos com a intenção de aumentar o tamanho das nádegas.

Esse procedimento se vale do silicone para aumentar o tamanho do bumbum e também para remodelar o formato dos glúteos, sendo indicado para pessoas que sofrem com nádegas pequenas, achatadas ou flácidas. As vantagens são várias, podemos citar, por exemplo, o preenchimento de flacidez, o levantamento das nádegas, o aumento do volume, a melhora no formato, a correção de anatomias desfavorecidas, além de uma projeção mais natural e harmoniosa desse músculo. Isso tudo aumenta a autoestima da mulher e facilita o uso de roupas como biquínis, maiôs, bodys e vestidos.

Lifting de coxa

Se o exercício físico e a perda de peso não foram suficientes para que você alcançasse seus objetivos de ter um corpo mais firme, mais jovem e mais proporcional à sua imagem corporal, o lifting de coxa pode ser uma boa opção para você.

Esta cirurgia remodela as coxas, reduzindo o excesso de pele e, em alguns casos, de gordura, resultando assim em contornos mais proporcionais para os membros inferiores. Nos casos em que a elasticidade da pele é precária, uma combinação de técnicas de lipoaspiração e de lifting de coxa também pode vir a ser recomendada.

O sucesso e a segurança do procedimento, no entanto, dependem muito de sua sinceridade durante a consulta. Já que sua saúde e seu estilo de vida serão questionados.

Liftings faciais

Uma pele bonita e perfeita é o que almeja grande parte das mulheres, porém com o envelhecimento natural, a pele perde elasticidade, tornando-se flácida e, por isso, não é difícil encontrar a presença das tão temidas rugas. O lifting facial é uma cirurgia plástica de cunho estético que visa ao rejuvenescimento do rosto, promovendo o levantamento da pele facial e valorizando o rosto da paciente, amenizando assim as linhas de expressão, além de remover rugas e a flacidez.

O lifting facial é indicado para mulheres a partir dos 40 anos que possuem incômodo com o envelhecimento natural da pele.

Lipoaspiração HD

Algumas vezes, só a prática física não é capaz de proporcionar aos pacientes um abdômen sarado. Para estes casos, a cirurgia plástica oferece a Lipoaspiração de Alta Definição, também conhecida como Lipo HD. Este procedimento oferece aos pacientes um abdômen atlético e sarado, evidenciando assim os gominhos e contornos tão desejados.

Indo além da lipoaspiração tradicional, essa técnica é responsável por remover a gordura localizada, de forma precisa e segura. Proporcionando resultados imediatos na definição corporal e ressaltando assim, os músculos daquela região.

Lipo-abdominoplastia

A lipo-abdominoplastia é a associação de duas cirurgias: a lipoaspiração e a abdominoplastia. A lipoaspiração é indicada para retirar excesso de gordura localizada, reduzindo o abaulamento gorduroso, porém sem tratar a flacidez de pele.

A abdominoplastia, por sua vez, trata a flacidez de pele abdominal, sem, no entanto, retirar o excesso de gordura localizada. A lipo-abdominoplastia é indicada para os pacientes que apresentam gordura localizada no abdômen, associada à flacidez de pele abdominal.

A técnica consiste primeiramente na realização da lipoaspiração, com retirada do excesso de gordura que deixa a pele do abdômen mais solta. Em seguida. procede-se à abdominoplastia, com retirada do excesso de pele. O pós-operatório é tranquilo e a região fica um pouco dolorida e com hematomas na primeira semana. Durante um mês, é preciso usar cinta, fazer drenagens linfáticas e interromper os exercícios físicos.

Mamoplastia de aumento

Mamoplastia de aumento é a cirurgia plástica que utiliza implantes para dar volume aos seios ou para restaurar o volume perdido após o emagrecimento ou a gravidez. Essa cirurgia também é indicada para pacientes que apresentam mamas com tamanhos diferentes ou precisaram retirar parte da mama devido ao câncer.

Mas atenção: Após decidir colocar silicone nos seios a mulher deve procurar um bom cirurgião plástico para realizar o procedimento com segurança, diminuindo assim os riscos da cirurgia.

Mamoplastia redutora

Só quem convive com mamas muito grandes sabe o desconforto dessa situação. Afinal, seios muito grandes e, consequentemente, pesados podem causar problemas de coluna, incômodos para dormir e/ou praticar atividades físicas, além de problemas de autoestima e convívio social. Por isso, a mamoplastia redutora é indicada para pacientes que possuem mamas com tamanho e peso desproporcionais à anatomia do tórax.

É priorizado na retirada, o grau de hipertrofia mamária e a satisfação pessoal da própria paciente. Vale lembrar também que, atualmente, existem várias técnicas para a redução da mama, a mais comum, no entanto, é a retirada de excesso do tecido mamário de uma determinada região, fazendo, em seguida, o remodelamento da mesma.

Mentoplastia

A mentoplastia é a cirurgia realizada para tratar a forma do mento, isto é, o queixo dos pacientes (parte que envolve mandíbula, pescoço e um terço inferior da face) seja para aumentá-lo ou diminuí-lo. Nesse sentido, a mentoplastia pode ser utilizada na correção das mais diversas deformidades funcionais ou estéticas.

Para isso, no entanto, é preciso realizar uma análise facial que identifica o perfil do paciente com desarmonia, determinando assim, se a deformidade é de oclusão, esquelética ou se o mento encontra-se apenas retraído. Além disso, é possível harmonizar o contorno do queixo com preenchedores faciais com o objetivo tornar o mento mais equilibrado em relação ao restante da face, proporcionando assim, mais simetria ao rosto dos pacientes. Afinal, quando essa estrutura apresenta alguma projeção ou retração, ela também gera insatisfação e interfere na autoestima dessas pessoas.

Ninfoplastia

A hipertrofia vaginal traz problemas estéticos e de comprometimento do comportamento íntimo, podendo causar até mesmo vergonha, desconforto ou baixa autoestima nas mulheres. Para resolver este tipo de problema, existe a ninfoplastia, também conhecida como cirurgia íntima. Essa plástica tem o objetivo de reduzir os lábios vaginais, que, além do desconforto estético pelo tamanho excessivo, podem causar também danos de ordem funcional, dificultando a higiene e a ventilação do local, além de gerar dores e incômodos durante as relações sexuais.

Nesse sentido, o objetivo da ninfoplastia é, antes de qualquer outra coisa, melhorar os aspectos do órgão sexual feminino que, com passar dos anos, pode sofrer alterações funcionais. Devolvendo assim, a saúde e a qualidade de vida aquela mulher, além de ajudar a melhorar a autoestima e a confiança das pacientes.

Otoplastiatia

O período escolar é uma fase repleta de descobertas, tanto para os pais quanto para as crianças. As mudanças corporais, que até então passavam despercebidas, se tornam mais nítidas, seja pela percepção da própria criança ou por apontamento dos colegas.

A altura, o peso e outras características físicas, como orelhas proeminentes (chamada pejorativamente de orelha de abano) também podem virar motivos de piadas e de problemas de autoestima que podem influenciar o desenvolvimento da criança, mesmo na fase adulta. Dessa forma, o mais apropriado é que os pais façam a correção deste problema ainda na infância, por volta dos 6/7 anos, momento em que a orelha já está completamente formada e que a criança ainda está em desenvolvimento social.

Para estes casos, é indicado a realização da otoplastia, uma cirurgia plástica que melhora a harmonia, a proporção e o posicionamento das orelhas em relação à face.

Perfiloplastia

Para aqueles que não sabem, a perfiloplastia é a cirurgia plástica que faz a junção de dois procedimentos estéticos: a mentoplastia (queixo) e a rinoplastia (nariz). Nesse sentido, a cirurgia tem o objetivo de melhorar a harmonização facial do paciente, enquanto cuida de duas áreas que influenciam significativamente na estética facial. Afinal de contas, às vezes, um paciente acha que possui um nariz muito grande, mas, na verdade, é seu queixo que é muito pequeno ou vice-versa. Ou seja, corrigindo o aspecto de um, melhoramos o equilíbrio facial de outro.

Mas apesar das intervenções cirúrgicas, é válido ressaltar que as características individuais do paciente são preservadas na perfiloplastia, de modo a alcançar uma harmonia facial sem precisar, no entanto, realizar grandes alterações fisionômicas.

Rinoplastia

A rinoplastia, também conhecida como cirurgia do nariz, melhora a aparência e a proporção dessa região, realçando assim a harmonia facial e melhorando a autoestima dos pacientes. A cirurgia plástica do nariz também pode corrigir dificuldade respiratória causada por anormalidades estruturais dessa região. Além de melhorar:

• O tamanho do nariz, em relação a demais estruturas faciais;
• A largura do dorso nasal;
• O perfil do nariz;
• A ponta do nariz, que pode ser grande, caída ou muito arrebitada;
• Os casos de narinas grandes, largas ou arrebitadas;
• A assimetria e o desvio nasal.

Transplante capilar

No processo de transplante capilar, o cirurgião plástico retira alguns folículos capilares (estrutura que abriga a raiz do cabelo) de uma área doadora do próprio paciente, normalmente das regiões da nuca e as laterais da cabeça, que concentram fios mais fortes e saudáveis. E como os folículos transplantados são mais resistentes, com o tempo eles voltam a povoar o topo da cabeça com fios naturais.

Existem dois processos de transplante capilar: o FUT, sigla em inglês para transplante de unidades foliculares, que consiste na extração de faixas do couro cabeludo da pessoa, e o FUE, extração de unidades foliculares, que coleta fio a fio. Além de apresentar ótimos resultados, o transplante capilar também é a única solução definitiva para a calvície hereditária.
WhatsApp Fale Comigo